• Dr. Francisco Aníbal

Como analisar o valor de uma lipoaspiração?

Atualizado: Abr 12

Afinal, como analisar o valor de uma lipoaspiração?


Quais fatores estão incluídos no valor do procedimento?


Compreender esses critérios é essencial para tomar uma decisão segura - tanto em relação ao seu corpo e saúde quanto ao bolso.


Com frequência, sou perguntado sobre isso. De fato, é um assunto que dá muito pano para manga.


Por isso, preparei este artigo com as principais informações e fatores que você deve levar em consideração ao analisar a lipoaspiração.


Você descobrirá a complexidade envolvida no procedimento e terá uma base para determinar o valor dessa "menina dos olhos" no universo das cirurgias plásticas. Confira.


O que é lipoaspiração?


Em linhas gerais, a lipoaspiração é uma cirurgia indicada para eliminar o excesso de gordura acumulada em alguma área do corpo como, por exemplo, barriga, costas, coxas e braços.


Praticamente qualquer região em que exista concentração de gordura pode ser lipoaspirada, o que resulta numa melhoria do contorno corporal.


Você imagina de que forma fazemos isso? Vou detalhar.


As áreas de gordura são aspiradas através de dispositivo de vácuo e cânulas (uma espécie de tubo).


Atualmente, há uma variedade de técnicas aplicadas com a intenção de:


  • Aumentar a segurança do procedimento

  • Remover mais facilmente a gordura

  • Diminuir hematomas, inchaços e o desconforto no pós-operatório


Dentre as técnicas aplicáveis, destacam-se a lipoaspiração de técnica tradicional, a técnica laser e a ultra-sônica. O médico cirurgião poderá esclarecer a você como cada uma delas funciona e qual a mais indicada para o seu caso.


Também é válido conhecer alguns aspectos que evidenciam a complexidade da lipo.


Cada parte do corpo traz variações no seu tecido celular e, por isso, apresenta respostas diferentes à intervenção cirúrgica. Áreas corporais de pele mais fina e firme, como o tórax, têm uma camada de tecido superficial mais desenvolvida do que a camada de tecido profundo.


Isso pode soar pouco relevante e talvez incompreensível, mas acredite: dominar esse tipo de detalhe e entender as particularidades de cada região colabora para reduzir chances de complicações e otimizar os resultados da sua cirurgia.


Números da lipoaspiração no Brasil


A lipoaspiração é simplesmente o procedimento cirúrgico mais realizado no Brasil. Esse dado foi divulgado pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS).


O sonho de eliminar excessos por meio da técnica de sucção coordenada com cicatrizes (incisões) discretas levou a lipoaspiração ao topo das preferências de quem deseja se livrar da gordura localizada e realçar o contorno do corpo.


De acordo com um estudo da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), a lipoaspiração é o segundo procedimento mais realizado na cirurgia plástica mundial. São quase 1.4 milhão por ano.


O primeiro lugar fica com o no Brasil, com aproximadamente 217 mil lipos por ano.


Em uma análise estatística de buscas na Internet, um estudo da Universidade Federal da Bahia demonstrou a regularidade com que a cirurgia de lipoaspiração aparece nas buscas.


3 Fatores para analisar o valor de uma lipoaspiração


Como você pode ver, no fim das contas, um paciente paga pelos valores vinculados ao contexto cirúrgico. E é o bem estar no final do processo que confirma que a escolha não custou caro, pelo contrário, valeu a pena.


Para analisar o valor de uma lipoaspiração, primeiro você precisa conhecer a diferença entre valor e preço.


Preço corresponde ao total em dinheiro que é pago por um determinado serviço.


Já o valor traz um conceito mais completo, pois também leva em consideração aspectos avaliados como indispensáveis na demanda pelo serviço.


Pensar exclusivamente em preço é reduzir o valor de uma cirurgia, mais especificamente a lipoaspiração, ao custo financeiro do procedimento. E é claro que o preço importa. Mas vai além.


Por limitações da Lei, nós médicos não podemos veicular em site ou rede social informações a respeito de preços das cirurgias. Mas falarei sobre os três principais fatores que compõem o valor da lipoaspiração para que sua experiência seja satisfatória:

1. Segurança e qualidade no procedimento


Alguns aspectos são relevantes para que haja segurança e qualidade na realização da lipoaspiração. Ela deve ser realizada por um cirurgião:


  • Experiente

  • Com boa reputação médica e cirúrgica

  • Que opere em local adequado para o porte da cirurgia


2. Êxito no alcance dos objetivos traçados


Esse ponto tem relação direta com o anterior, uma vez que o cuidado ou a falta dele na escolha do profissional interfere no alcance dos objetivos da cirurgia. Por isso, priorize seguir adiante com a cirurgia se encontrar razões para confiar no trabalho de quem fará o procedimento.


3. Recuperação da autoestima e prazer com a própria imagem


Um estudo avaliou o impacto do procedimento na autoestima e autoimagem de um grupo de pacientes submetidos a lipo.


Verificou-se que a lipoaspiração melhorou as médias das seguintes dimensões que integram a qualidade de vida:


  • Aspectos emocionais

  • Aspectos sociais

  • Saúde mental

  • Vitalidade

  • Capacidade funcional

  • Aspectos físicos

  • Estado geral de saúde


Lipoescultura é o mesmo que lipoaspiração?


Lipoescultura e lipoaspiração são procedimentos diferentes que se complementam. Por isso, é importante não confundir os dois.


Como você agora sabe, a lipoaspiração é um procedimento que elimina o excesso de gordura acumulada.


Já a lipoescultura é um processo complementar e opcional a ser realizado no momento da lipoaspiração.


A lipoescultura consiste em preencher áreas menos adiposas (com pouca gordura), envelhecidas ou marcadas por cicatrizes com a gordura retirada da região que apresentava excesso. Assim, o cirurgião passa a esculpir um novo corpo.


Quem pode fazer a lipoaspiração?


A lipoaspiração pode ser realizada tanto por homens quanto por mulheres.


A área com gordura localizada deve ser avaliada pelo cirurgião plástico e, normalmente, a fração removida equivale a, no máximo, 5% do peso corporal.


Dietas ou exercícios físicos são alternativas não cirúrgicas recomendadas para reduzir o excesso de gordura.


O tratamento da lipoaspiração é indicado quando não se atinge esse objetivo através das formas alternativas.


Estética x obesidade


Vale destacar que a lipoaspiração não é um tratamento para obesidade. Isso porque a obesidade não é uma questão estética, e sim um problema de saúde pública mundial.


Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 39% da população se encontra acima do peso e esse número é ainda maior no Brasil.


Para quadros de obesidade, a intervenção indicada pode ser a cirurgia bariátrica. Mas pontuo isto para frisar que há distinção entre gordura localizada e obesidade.


Qual o período de internação da lipoaspiração?


Quando se fala de pequenas regiões, a serem tratadas individualmente, a lipoaspiração pode ser feita com anestesia local e sedação, em regime de hospital dia.


Em casos de lipoaspirações de várias áreas ou maior quantidade de gordura, a realização deve seguir o regime de internamento hospitalar (24h).


A duração da lipoaspiração vai depender da região e do volume de gordura a aspirar, podendo durar alguns minutos ou algumas horas.


Como funciona o pós-operatório da lipoaspiração?


Como em toda cirurgia plástica, apesar das incisões discretas, a lipoaspiração inspira cuidados durante o pré e pós-operatórios.


A esse respeito, o êxito de um cirurgião em uma operação é proporcional ao controle que ele exerce do chamado período perioperatório.


Esse período nada mais é do que o espaço de tempo que compreende a indicação da cirurgia (fase pré-operatória), sua execução (fase operatória) e recuperação (fase pós-operatória).


Por mais que as atenções se voltem ao pós-operatório, o transcurso adequado de cada uma dessas fases é crucial para uma boa recuperação e desfecho esperado.


Por fim, geralmente, as cicatrizes da lipoaspiração se apresentam com meio centímetro. São marcas que não causam grande incômodo aos pacientes e com o tempo costumam ficar imperceptíveis.

Quais são as complicações e riscos da lipoaspiração?


Na prática, necrose, fibrose, trombose venosa profunda, embolia, infecção, deiscência de cicatrizes, hematomas são exemplos de complicações médias e graves que podem acontecer em uma lipoaspiração.


Cabe ressaltar que ambientes hospitalares mal aparelhados, que não dão segurança ao paciente e à equipe médica, contribuem para uma cirurgia mal sucedida.


Portanto, qualquer evento ocorrido no decorrer da lipoaspiração pode ser bem contornado se o médico e equipe contarem com bom treinamento e estrutura adequada.


Gerard Illouz (1979), um dos estudiosos pioneiros em lipoaspiração, descreveu que as complicações decorrentes dessa cirurgia se dividem em duas categorias.


A primeira tem a ver com modificações e dificuldades sistêmicas e cirúrgicas, com mínima probabilidade de ocorrência na técnica tradicional. A segunda categoria está relacionada a limites de segurança excedidos que culminam em resultados desfavoráveis e sequelas.

Conclusão


Como você pôde notar, existem muitos fatores envolvidos no valor de uma lipoaspiração.


Fui instigado a escrever sobre esse assunto porque volta e meia surgem casos na mídia de mortes em decorrência de complicações em lipoaspiração. E, então, é muito comum a chegada de pacientes com um certo receio de encarar a cirurgia.


Diante disso, o meu papel é informar que toda a cirurgia realizada dentro dos padrões exigidos pela Resolução 1711/2003 do Conselho Federal de Medicina, que estabelece parâmetros de segurança, tem baixíssimos índices de complicações.



No início da carreira, resolvi integrar a lipoaspiração ao meu “arsenal terapêutico” de cirurgias plásticas por meio de estudos e práticas cirúrgicas que me trouxeram até aqui.


Conduzo essas experiências há mais de 20 anos e sigo fascinado por essa técnica que a cada dia oferece mais satisfação, quando realizada com responsabilidade e expertise.


Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato pelo nosso Whatsapp.


Dr. Francisco Aníbal Passos de Brito - Cirurgião Plástico - CRM: 11.137 / RQE: 6.311

16 visualizações0 comentário

Clínica Aesthetics Feira de Santana e Salvador