O que causou essa cicatriz?

É comum chegar ao consultório de cirurgia plástica, mulheres e eventualmente homens, com a queixa de cicatriz inestética na orelha após terem realizado um segundo ou terceiro "furo" na orelha para brincos ou piercing. Essas cicatrizes "exageradas", muitas vezes se assemelham a um tumor, mas na verdade são cicatrizes ditas, hipertróficas ou mesmo quelóides. 

 

Na maioria das vezes não têm relação com o tipo de instrumental utilizado para furar a orelha. Trata-se de uma predisposição própria do individuo a fazer cicatrizes "exageradas"(quelóide).

 

A correção cirúrgica do quelóide pode ser indicada, associada em geral, a outros tratamentos complementares, para tentar diminuir a chance de recidiva do quelóide, visto que se trata de uma condição inerente do indivíduo. Converse com seu cirurgião plástico. Em muitos casos o procedimento é realizado sob anestesia local.

Faça o agendamento. É fácil, rápido e seguro.

Ainda com dúvidas?

Clínica Aesthetics Feira de Santana e Salvador