Ginecomastia

A cirurgia para redução da mama em homens, como a maioria das cirurgias plásticas, é uma escolha muito individual. Converse com o cirurgião plástico sobre o procedimento cirúrgico e eventuais cuidados e evolução pós operatório.

Sou um bom candidato a cirurgia de ginecomastia?

Toda cirurgia plástica deve ser realizada por escolha própria do indivíduo, para sua própria satisfação e não para satisfazer outros, convenções de moda ou sociais.

 

Esta cirurgia poderá ser indicada se você está em boas condições de saúde e peso dentro do normal ou ligeiramente acima; de preferência, quando o crescimento da mama já se estabilizou (alguns adolescentes podem se beneficiar da cirurgia, mas pode ser necessário procedimento adicional , após o desenvolvimento completo na fase adulta). Sempre que possível deve-se suspender o uso de drogas que aumentem o tamanho das mamas.

 

Além do mais, ser realista em suas expectativas, conhecer sobre o procedimento, cuidados e evolução,  o tornarão um bom candidato à cirurgia.

Faça o agendamento. É fácil, rápido e seguro.

Como é realizada a cirurgia de ginecomastia?

A cirurgia de ginecomastia é realizada sob anestesia local, bloqueio ou anestesia geral. A cirurgia tradicional envolve uma incisão (corte) na região da áreola/mamilo, para se ter acesso ao tecido mamário em excesso.

 

A escolha dessa região para a incisão tem por objetivo, esconder um pouco as cicatrizes. Em casos de ginecomastia de maior volume (com excesso de pele ou flacidez excessiva),pode haver a necessidade de cicatrizes maiores que se estendem além da região da aréola/mamilo.​

 

Em algumas situações, o cirurgião plástico pode optar por realizar lipoaspiração isoladamente ou combinada à técnicas convencionais para diminuir cicatrizes e/ou facilitar dissecção cirúrgica da mama em excesso. 

Quais cuidados pós operatórios e quando retorno às atividades normais?

A cirurgia de ginecomastia é realizada sob anestesia local e sedação, bloqueio ou geral. Após a cirurgia, você ficará monitorado no CRPA(recuperação anestésica) e logo irá para o quarto.
 
Após plena recuperação, em geral, receberá alta no mesmo dia da cirurgia, em uso de modelador(faixa de compressão torácica), eventualmente com dreno e com medicações para uso em casa .

 

Retornará ao consultório para revisões nas 2-3 semanas após a cirurgia, para curativos. Em geral, retomará atividades cotidianas em até 2 semanas, evitando esforços, principalmente com membros superiores. Atividade física regular, normalmente, após 2-3 meses, incluindo musculação. Converse com seu cirurgião plástico.

Ainda com dúvidas?