• Dr. Francisco Aníbal

Cirurgia de mama: o que faz uma paciente satisfeita

Cerca de 88% (por cento) das revisões de cirurgia de mama foram consideradas satisfatórias por parte dos pacientes. O estudo avaliou cirurgiões plásticos atuantes nos Estados Unidos. Assim como nos EUA, o Brasil tem o aumento de mama como um dos procedimentos de maior interesse. Portanto, analisaremos alguns entendimentos que essa pesquisa ajudou a alcançar.

gif

Cirurgia de mama: Da percepção online à presencial

A proposta do estudo é produzir dados que dêem suporte à melhora da qualidade do atendimento nas revisões - no âmbito online - para melhorar a satisfação dos pacientes. À medida que a internet e as mídias sociais tomam conta de nossas vidas cotidianas é comum que as interações online façam parte de um primeiro contato e, portanto, uma primeira impressão que, sem dúvida, interfere na satisfação do paciente.

Estudos recentes descobriram que cerca de 60% (por cento) dos americanos entendem as avaliações online como importantes na escolha de um médico, e um terço conta que são impactados por esse momento no espaço online, observa o grupo de pesquisadores.

As interações no virtual se tornaram a nova referência boca a boca para os médicos, no entanto, ainda é preciso ter em mente que não se pode formar opinião completa sem a experiência real e percepção presencial das habilidades do profissional e equipe.

O que define a satisfação de um paciente

Em um universo de mais de 1.077 avaliações de aumento de mama obteve-se algumas conclusões.

Na pesquisa, os principais fatores ligados à satisfação do pacientes foram:

  • O bom resultado estético

  • Funcionários simpáticos

  • A experiência profissional percebida

Em contrapartida, uma quantidade menos expressiva dos entrevistados listou custo razoável como um critério atrelado à satisfação. Já os principais motivos que apontam uma insatisfação nesse tipo de procedimento foram:

  • Resultado estético ruim

  • Incompetência do cirurgião plástico

  • O cirurgião adotar uma postura de não reconhecer ou assumir a responsabilidade por resultados

Segundo o autor que comandou a pesquisa, Dr. John Kim, da Northwestern University Feinberg School of Medicine (Chicago): “Existe uma grande diferença entre (a) um cirurgião que tem milhares de cirurgias e anos de experiência e uma presença limitada online ou nas redes sociais e (b) um cirurgião experiente na internet com uma infinidade de avaliações que acabou de iniciar uma prática”.


A satisfação também é nossa!

Em uma coleta de relatos de pacientes sobre as percepções da cirurgia de aumento de mama, pesquisadores descobriram que a maioria dos pacientes submetidos ao procedimento estava feliz com seus resultados.

A partir dessas conclusões, a recomendação do médico à frente da pesquisa é que os pacientes façam uma avaliação ampla. Ou seja, ele deve observar a interação no âmbito online, mas também considerar a experiência, o treinamento, o boca a boca e o desempenho das consultas presenciais. As análises indicam que, para obter uma experiência positiva, o paciente deve se certificar de que está confortável com a interação, com o plano de cirurgia e com compatibilidade de personalidades entre ele próprio e quem irá atendê-lo. A esse propósito, não posso deixar de pontuar que aqui na Aesthetics nos alinhamos a esse mesmo posicionamento. As experiências acumuladas por mais de 20 anos de atuação já nos proporcionaram a certeza de que o conforto, a interação, a sintonia entre paciente e cirurgião plástico são decisivos na satisfação de uma cirurgia de mama ou de qualquer outro procedimento estético.

________

Se essa leitura tiver sido útil, acompanhe as próximas postagens por aqui e as novidades em nossa rede social.


Eu e a equipe da Aesthetics estamos sempre à disposição para esclarecer dúvidas sobre cirurgias plásticas e procedimentos estéticos. Basta entrar em contato.


Dr. Francisco Aníbal Passos de Brito - Cirurgião Plástico - CRM: 11.137 | RQE: 6.311


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo