Para a colocação das próteses de silicone o cirurgião necessitará de uma via de acesso, ou seja, uma incisão (ou corte) na pele através da qual a prótese será inserida.


A prótese de mama pode ser colocada através:
 

  • das  axilas

  • da parte inferior da mama

  • das aréolas mamárias

  • do abdômen

  • de cicatrizes já existentes na região do toráx

 

Qualquer que seja a via escolhida para colocação da prótese, ela terá sua indicação ou contraindicação definida após um diálogo com o cirurgião plástico.

Cicatriz Axilar
Cicatriz Periareolar
Cicatriz Inframamária

Em geral, o implante através da parte inferior da mama (que compreende o sulco mamário) apresenta fácil acesso à mama, boa cicatrização e bom aspecto estético final. Por isso, costuma ser a mais utilizada neste procedimento.

A via de acesso axilar tem a preferência de algumas pacientes que não querem cicatrizes na região das mamas. Esse caso torna a cirurgia em certa medida mais complexa: requer anestesia geral, tem um pós operatório um pouco mais desconfortável, e limita o tamanho e densidade da prótese a ser utilizada.


A técnica do implante através da região que envolve os mamilos, ou seja, as aréolas, deve ser empregada em pacientes que possuam um diâmetro das aréolas compatível com a passagem das próteses. Assim, mulheres com aréolas menores não são boas candidatas a esse tipo de incisão.


As vias de acesso abdominal geralmente são usadas quando também se realiza cirurgia plástica no abdômen, no mesmo ato cirúrgico. E em situações menos comuns, as próteses podem ser colocadas através de cicatrizes já existentes no tórax.

Quando se trata de próteses salinas, é comum se optar pela colocação da prótese através da cicatriz umbilical. Isto porque as próteses são inseridas vazias e, posteriormente, preenchidas com soro fisiológico. Portanto, não é possível se colocar prótese de silicone através da cicatriz umbilical.

Ainda com dúvidas?

Clínica Aesthetics Feira de Santana e Salvador